terça-feira, 16 de setembro de 2008

Dilemas em Escolas

1. É preferível ter 10 alunos que pagam R$ 70,00 mensal do que 25 alunos que pagam R$ 29,90?
Verdade:
Alem de você diminuir seus custos fixos: energia, salários, equipamentos etc.. Você consegue dar uma atenção bem melhor para seus alunos o que resulte em uma melhor qualidade de aprendizagem e mais lucros para você. Se o aluno estiver satisfeito ele irá com certeza indicar sua escola para outros alunos e ele mesmo irá ficar mais tempo na escola fazendo mais cursos.
Certo que vender cursos a R$ 29,90 é bem mais fácil do que vender cursos a R$ 70,00, porém se você pretende permanecer com sua escola por muitos anos, praticar um valor mais alto irá lhe trazer muito mais vantagens e um publico diferenciado.
Deixar sua escola lotada de alunos que pagam pouco irá fazer com que não sobrará horários, irá desgastar os equipamentos mais rapidamente, custará muita energia, precisará de muitos funcionários para atender com qualidade, no final o lucro será muito pouco para você e a qualidade do ensino será péssima para os alunos.
Hoje em qualquer parte do Brasil uma escola deve cobrar no mínimo entre R$ 40,00 e R$ 50,00 mensal para duas horas de aulas semanais. Abaixo desses valores a escola não tem condições de sobreviver por muito tempo.

2. Contratar divulgadores para colocar alunos na sua escola é a melhor solução?
Mentira:
É uma solução fácil e pratica a curto prazo porem a quantidade de escolas que fecharam suas portas por causa de um trabalho de divulgação mal feita é muito grande.
Além de ser um serviço caro (em geral levam a primeira mensalidade + despesas), eles trazem alunos por meio de subterfúgios tais como: bolsas de estudo que não existem, mensalidades muito baixas, brindes não relacionados a cursos como celulares etc.
Isso traz para a escola um monte de problemas futuros: alunos que não querem estudar (somente querem ganhar brindes) e desistem nas primeiras semanas, propagandas enganosas: às vezes prometem sem poder cumprir etc. Tudo isso contribui para uma descapitalização da escola e uma fama ruim na cidade.
Foge da facilidade e prefira o trabalho de verdade: coloca um setor de venda na sua escola, treine seus funcionários; isso lhe dará um resultado positivo a longo prazo com certeza.
Afinal, o que um divulgador consiga fazer que você e sua equipe de vendas não sejam capazes de fazer? Você pode fazer tudo, muito mais e muito melhor.

3. Ter o curso com a ultima versão do software faz que você vende mais?
Mentira:
Hoje as editoras de softwares atualizam as versões de seus softwares com muita freqüência, até 2 vezes por ano em certos casos, nesse ritmo é impossível se manter atualizado com cursos de qualidade além de você adquirir as licenças originais para seus computadores. Muitas atualizações não mudam em nada o software e somente trazem algumas ferramentas novas ou opções avançadas. Essas atualizações em geral são meramente comerciais e tem por finalidade a venda de novas licenças.
Mais importante que a versão do software é o conteúdo do curso que deve permitir ao aluno que ele saiba manusear o software no seu dia-dia.
Um ótimo exemplo disso são os softwares da Microsoft: o Office por exemplo é utilizado, até hoje, em versões mais antigas, muitas pessoas ainda utilizam o Office 2000. Isso porque uma nova licença custa caro e que a diferença para a nova versão não traga um diferencial que compensa o investimento. Quem já fez um bom curso de Office 2000 com certeza irá saber sem dificuldade manusear o Office XP ou ainda o Office 2007.

4. O papel do dono da escola é de ministrar cursos e cuidar da sala de aula?
Mentira:
Como qualquer empresário o dono de uma escola deve focar sua atenção na administração de sua empresa. Deve escolher funcionários competentes, acreditar no seu produto e cuidar do bom desempenho das vendas e do pós-vendas.
Uma escola é constituída basicamente de 3 setores: Sala de aula, Recepção/Administração, Vendas. Os três devem trabalhar em sintonia, pois cada um é totalmente dependente do outro e se faltar ou falhar um dos 3 setores, pode ter certeza que os dois outros não irão se dar bem. O dono da escola deve ser o grande coordenador desses três setores para garantir o sucesso do seu empreendimento.
O pós-venda é também muito importante para o dono de escola, pois através de pesquisas ele poderá ver o grau de satisfação de seus alunos. E alunos satisfeitos sempre indicam outros!
Quem investe em escola tem que ter uma visão a longo prazo, tem que sentir prazer em vender conhecimentos com qualidade, só assim você vai conseguir se estabelecer e terá oportunidade de ministrar cursos para famílias inteiras e várias gerações de alunos.

Montar uma escola pensando em ganhar um dinheiro fácil e rápido ministrando qualquer curso de qualquer jeito está totalmente errado, quem pensa assim logo se da mal.

Fonte: S. P. AdvanceCCi adap. PRMP

Um comentário:

Gazeta do Estudante disse...

Manter uma escola de idiomas, informática com um número baixo de alunos e com custos altos não é recomendado, devemos sim manter uma estratégia que nos possibilita manter os custos da escolas com alunos a preços promocioais em ema data do ano e depois praticar preços razoáveis.

 
My title page contents